Projeto Marco ZERO

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A grave gravidade da consciência

Máxima: O medo faz de você o que você é. E você é um medroso.

Uma das características do medo é a negação, aparentemente nós achamos que se negarmos algo de ruim que está para acontecer, ou que já esteja acontecendo, a coisa pode ser que não aconteça. Algo como quando você se esconde no guarda-roupas (não, isso não é um sinônimo para "sair do armário", embora acaba se enquadrando também) esperando que ninguém te perceba lá dentro, e quem sabe nem te achem, e fique tudo bem. Acredite o ganhador do campeonato de esconde-esconde teve que sair para ganhar seu prêmio.

A analogia do título está em que as pessoas acreditam que tomar consciência sobre algo ruim que está para acontecer, ou que já esteja acontecendo, é atrair esta coisa, assim como a gravidade que rege os corpos dispersos no universo. Algo como, se você não sabe, ou não quer saber, então o cometa não irá te atingir, pois sua gravidade não o atraiu, talvez ela nem exista.

E então, quando o inevitável finalmente acontece, BUUUUUMMMMM!!!!!, você nem percebe o que o atingiu, e finalmente está no meio de uma situação que você realmente não queria estar. E o pior, nem preparado você estava para aquilo, já que passou a maior parte do tempo ignorando, e se preocupando em não perceber, em não tomar consciência, não teve tempo de se preparar e pensar num plano B.

O inevitável só é evitável se você agir, pois independente de onde você esconda, quando seu mundo acabar, e o chão faltar sob seus pés, nem seu esconderijo dentro da ignorância dos fatos poderá protege-lo.

PS.:
O blog está de certa forma abandonado pois estou investindo o tempo de criatividade em um projeto BEM pessoal. Mas vira e mexe algum lampejo de criatividade será direcionado para este local à sombra.