Projeto Marco ZERO

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Ignorância

O que é ignorância?

Ignorar? Ignorante?
Pausa para consultar o dicionário.

Ignorância - A ignorância se refere à falta de conhecimento, sabedoria e instrução sobre determinado tema, ou ainda à crença em elementos amplamente divulgados como falsos. Em situação em contrapartida o ignorante estaelece critérios que desclassifiquem o conselho alheio, em prol da sua falta de conhecimento, busca estabelecer idéias falsas sobre si mesmo e o mundo que o cerca de forma errônea, que desagrade aqueles que o cercam. Ignorância é não saber, e não saber que não se sabe. (Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.)

Voltando.
Ignorante é aquele que não sabe que não sabe.
Ah. Será que eu entendi?
Se ele não sabe que não sabe, isso o torna ignorante.

Então a pessoa precisa saber que não sabe.
É.
Estou complexa hoje.
Mas, complexa é a vida.

Vamos lá. De novo.
Ignorante é a pessoa que maltrata o próximo.
É aquele que discute o que não precisa ser discutido.
Ignora o que precisa ser dito.

Qual a pior forma de ignorância?
Ignorar o conhecimento.
Mas, espera aí.
Todo mundo tem conhecimento !
Todos sabem de algo que falta ao próximo. Eu tenho uma informação que você não tem. E assim por diante.
Então todos somos ignorantes?

Eu sou ignorante.
O que me falta?
Um dia vou trasnbordar de tanto conhecimento.
E mesmo assim vai me faltar algo.

Pense. Reaja. Faça.
Ou, simplesmente ignore.


Maria Rita Piratelli
www.twitter.com/meninacomsono

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Ser feliz não basta...

Estou escrevendo um post para o blog que está tomando mais tempo que o normal, assim, alguns textos paralelos irão aparecer, pois algumas outras idéias vão se formando no meio do caminho, e que caminho.

Estou com uma frase em minha mente no mínimo interessante. Como eu sempre digo, algumas coisas simplesmente flotam em minha mente, assim, do nada: "se você está feliz por mim tudo bem". Na verdade existem váriações desta frase "só desejo que você seja feliz", "o importante é estar feliz", "só quero sua felicidade".


Acho legal desejar a felicidade de alguém, na verdade é o que sempre esperamos, que as pessoas sejam felizes. Mas as pessoas desejam apenas serem felizes? As vezes sinto que ser feliz é a porta de entrada. É o inicio de tudo. Realmente não sei o que cada um procura, mas eu sempre sei o que estou procurando, mesmo quando não sei.

Mas para conseguir tudo o mais parece que o mínimo necessário é estar (ou ser) feliz. Sem o estado de espírito pleno de felicidade parace impossível alcançar todo o resto. Eu sempre desejei ser feliz e ter mistério, e ter aventuras, e ter paixão, e ter amor, e ter momentos de gargalhadas, e ter rir até chorar, e chorar de tanto rir, e ter medo, e ter frio na barriga, e ter borboletas no estomago, e ter um amor, e ter pessoas que eu gosto a minha volta, e ter tantas coisas que não consigo numera-las, se quer consigo pensar em todas elas agora.

Mas não adianta ter tudo isto e não ser feliz, e eu acho que não são estas coisas que lhe trarão felicidade, felicidade não é algo que se compra, que se ganha amarrada num laço. Felicidade é aceitar você como você é, felicidade é aceitar sua vida como ela é, felicidade é agradecer cada minuto de vida, pois viver é o maior presente que você ganhou, felicidade é ter vontade de viver e lutar por viver, e não apenas arrastar-se pelas horas do dia esperando que alguma coisa diferente aconteça sendo que você não faz nada diferente para acontecer, para a vida acontecer.

Dica da noite: procure a felicidade em você mesmo, conquiste-a, e quando a tiver em mãos saia a procura do resto da sua vida, do resto das suas conquistas, pois a felicidade só não basta, ser feliz só não basta, mas é o primeiro passo para tudo o resto...