Projeto Marco ZERO

domingo, 31 de maio de 2009

Tempestade

Meus olhos doem a esta hora da noite, tenho que usar os óculos.

E vejam só já faz um tempo que não posto nada aqui. "Posto" é uma palavra estranha, mas ela existe e vem do verbo postar no presente do indicativo "eu posto", e não de POST que pode ser o equivalente do inglês, mas não é uma palavra em inglês que foi aportuguesada, não.

Eu acordei ontem com a seguinte frase em minha mente analise morfológica e sintática, sabe, sempre odiei a matéria de português na escola, ainda mais quando se tratava de analise morfológica e sintática, mas não tanto pelos conceitos, e sim pelas repetidas vezes que tinhamos que realizar os "exercícios". Malditos exercícios. Odeio fazer repetidas vezes o que eu já sabia, então logo tratava de des-saber tudo. Se eles não me consideravam inteligente o suficiente para aprender logo de cara, foda-se nunca aprenderei então. Levantar a mão caso exista alguma dúvida é besteira, são todos burros, façam analise sintática e morfológica destas 100 frases abaixo.

Mas hoje não é um dia de revolta, vamos à coisas boas, primeiro gostaria de colocar aqui o link para o canal da Courtney Woolsey no Youtube, se tem uma não famosa que me impressiona com sua vóz e criatividade é ela, recomendo a canção Heaven para apreciarem a vóz dela e a canção Can't Take My Eyes Off You para verem a criatividade dela.

O mês teve balanço positivo, aniversário da minha mãe, casamento dos meus pais, poker mafioso (infelizmente sem os cavalos dessa vez), aniversário de alguns amigos e amigas. Conheci pessoas legais, reencontrei velhos amigos e amigas. Mas nada preencheu o vazio que tenho aqui dentro, nada chegou aquecer o frio que sinto.

Hoje comentando com a Lí que eu andava bebendo demais ultimamente, só hoje foi uma garrafa de vinho antes do almoço, ela me perguntou do que eu estava fugindo, talvez ela pudesse ter me perguntado o que eu estaria querendo preencher com tanto líquido, rs, mas é sério, tem pessoas que bebem para esquecer, eu estou bebendo para lembrar? Não há nada que eu queira esquecer!

Acho que o fato de eu não pensar no passado e não ficar lembrando e sentindo falta de pessoas que passaram por minha vida, de momentos bons e ruins que eu tive, talvez seja isso que está gerando este vazio dentro de mim, será?

É engraçado como há algum tempo atras eu sabia exatamente quem eu era, eu sabia exatamente o que eu queria, eu era cheio de duvidas, cheio de indecisões, mas eu sabia o que eu queria e eu sabia quem eu era.

Mas agora parece que as duvidas se foram, parece que as indecisões se resolveram, e elas me fazem falta, porque agora a falta delas me trazem duvida e indecisão.

Tenho 26 anos, caminhando para os 30, e uma amiga me fala que tem medo porque já está com quase 30 e não achou ninguém ainda. Será que isso é uma dica da vida para eu me apressar enquanto é tempo, será que com 30 estarei velho demais? hum.... NÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOO, tenho certeza que não!

Na verdade acho que estou meio que de saco cheio das coisas como elas estão, preciso de uma mudança drástica, pois o "saco cheio" já atingiu as pessoas que estão a minha volta, parece que não tenho mais saco para conversar com os outros, e então entro cada vez mais no meu próprio mundo, cada vez mais estou só porque quero estar só, e isso me preocupa.

Na verdade, nestas madrugadas, tem sido eu e o Nino, rs. E hoje particularmente estou ouvindo repetidamente a musica Heaven cantada pela Courtney Woolsey, caramba, o sorriso dela me encanta.

Falam que antes da tempestade vem a calmaria, e está tudo calmo, tudo silêncioso, não se ouve um piu, estou apreensivo esperando o primeiro trovão, as primeiras gotas pesadas tocando o chão. E eu tenho certeza que quando esta tempestade chegar eu vou sentir o cheio de terra molhada, o vento irá fazer com que as arvores sussurrem, e este sussurro irá criar uma melodia com o som das gostas de chuva caindo no telhado, e nos ápices desta sinfonia, trovões irão rasgar o céu logo após o clarão dos relampagos. A ventania irá uivar. E quando amanhecer o novo dia a grama estará mais verde, o céu estará limpo e azul, e assim como a certeza que tenho hoje, eu terei a mesma certeza que viver é maravilhoso.

"eu tenho tudo o que eu preciso, só preciso aprender a usar..."

segunda-feira, 11 de maio de 2009

A Casa


A casa agora esta limpa
Os quartos foram arrumados
Tiramos o pó
Trocamos a roupa de cama
Deixamos a mesa posta

Tudo
Tudo está preparado
Arrancamos o mato
Podamos as flores
Ateamos fogo a lareira

A adega está cheia com os melhores vinhos
A dispensa está cheia dos melhores frutos
Tudo isto fizemos para receber você
A casa está pronta

Após o vendaval
Após a guerra
Após o abandono
Finalmente estamos pronto
Finalmente a casa vai abrir

Iremos receber nosso mais novo morador
Estamos pronto para a chegada do Amor



"Espero que a paixão incendeie minha alma e traga aquela que habita meus sonhos."

terça-feira, 5 de maio de 2009

Versão de Hot N Cold

Existem certas coisas que podem ser encontradas no Youtube, e em outros "tubes" da vida que são, no mínimo, inusitadas, rs... todos devem conhecer Katy Perry e sua musica Hot N Cold...




Mas vocês já viram esta versão da música?




Eu havia visto isto num blog, destes muitos que leio durante a noite, mas agora não lembro para colocar o link dele... assim que eu achar eu coloco aqui...

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Caminho

É dificil contar quantas vezes me senti perdido estes ultimos dias, hum... ultimas semanas? ou talvez meses... ando em constante conflito, caminhando sozinho (por opção eu sei), tentando achar meu caminho, ou tentando achar um caminho.

Dificil, também, é contar por quantos caminhos tortos trilhei, as vezes sem pensar, outras sabendo que estava tomando o caminho errado, na esperança que, talvez, fosse o caminho certo. Mas o sexto sentido nunca se engana né!?

Não culpo a vida, pois sei que cada escolha que fiz eu estava ciente que iria arcar com as responsabilidades, mas esta vontade desesperada de acertar faz com que falhamos as vezes.

Eu queria estar revoltado, soltando raios de raiva, mas isto me falta agora, até a indignação, a raiva, a revolta. Talvez se eu estivesse revoltado eu provocasse uma mudança radical, e trilharia um caminho diferente.

Talvez se eu resolvesse parecer menos confiante e demonstrar essa insegurança que eu sinto. Mas eu sei que para certas pessoas eu não posso parecer inseguro, infelizmente acabo escondendo uma parte de mim para pessoas que eu gostaria que me vissem de verdade. Como ser seguro, objetivo e realista, e ao mesmo tempo demonstrar doçura, carinho, medo, arrependimento e necessidade?

Acho que é neste ponto que me perco do caminho, vago por entre o desconhecido, rumo por lugares estranhos, tomo as decisões erradas, e fico como agora, parado no meio do nada sem ter para onde ir. Somente percebendo tudo a minha volta.

[Pausa para tirar o arroz do fogo, aproveito para jantar.]

No final estou aqui, parado no meio do nada, quero voltar ao meu caminho, mas já o perdi há algum tempo. Olho a minha volta e vejo florestas, rios, prados, campos floridos, mas nenhuma estrada.

É hora de voltar a caminhar, o descanço acabou. Espero, desta vez, encontrar o caminho certo, e quem sabe não encontro você no meio deste campo, assim poderemos encontrar nosso caminho juntos.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Quase Famosos

Bem, há mais ou menos um mês atras estava eu um belo sábado a tarde em casa, pronto para sair quando peguei o começo de um filme, Quase Famosos, eu sabia que este filme iria mexer comigo, envolver várias coisas que gosto, rock'n roll, a história de um desajeitado, romance, comédia, esperança, superação e loucura...

Hoje, meia noite e meia este filme começa novamente, vejo como um sinal data a fase que estou passando, logo percebi que eu estava certo, e as 2 horas de filme valeram a pena.

"Nota para o aniversário da minha mãe, parabéns mãe."

Não lembro se costumo citar nomes no blog, todo caso, vou continuar não citando, assim quando a pessoa ler, saberá que eu a citei.

Estava lendo um blog que a pessoa dizia que não iria transformar isto num diário, e concordo com ela, blogs não são para isso, mas costumo usar o meu como uma mesa de centro, daquelas que despejamos uma caixa de quebra-cabeça, espalhamos todas as peças e tentamos reorganizar tudo, meu blog é minha mesa de centro. Por isso mesmo as vezes o que eu coloco aqui parece confuso, porque são as peças ainda espalhadas na mesa.

Escutei essa semana sobre a impressão que passo pessoalmente e sobre a impressão que passo quando lêem meu blog, foi algo interessante, me serviu para abrir os olhos para certos aspectos da minha vida. Logo vem a frase que ainda está latente em minha mente.

"é o medo junto com a razão sabotando a emoção"
No momento que eu li esta frase percebi que ela caiu como uma luva sobre o momento, e agradeço imensamente a amizade da pessoa que compartilhou esta idéia comigo.

As peças ainda estão sobre a mesa, mas já consegui montar as bordas e os cantos, agora só falta o meio do quebra cabeça, não sei qual imagem ele me reserva, mas tenho esperança.